Skip to main content

O que significa ABNT

A ABNT é o órgão que tem a responsabilidade de definir a normalização técnica em nosso país e significa “Associação Brasileira de Normas Técnicas”. Cabe à ABNT, encaminhar ao Comitê Técnico, a solicitação para a verificação de um determinado tema, quando se faz necessário. O projeto será desenvolvido depois de submetido a uma consulta nacional.

significado-abnt-04

E será neste processo que o projeto elaborado pela Comissão, será submetido ao parecer da sociedade e durante este processo qualquer cidadão poderá dar sua opinião, sendo tudo feito de forma gratuita, sem nenhum ônus e posteriormente será encaminhado à Comissão de Estudo, responsável pela aprovação do texto, ou então a não aprovação, sendo que sempre serão apresentadas as objeções que venham a justificar a tal manifestação, seja ela favorável ou contra.

Importância das Normas da ABNT

É muito comum que os estudantes consultem a ABNT para conhecer suas normas referentes aos trabalhos de escolas, faculdades e universidades, consultando também as normas referentes a teses, monografias e até dissertações.

significado-abnt-03



É importante que se tenha um padrão para tudo o que lemos, pois isto facilita não só a leitura mas principalmente a compreensão do que estamos lendo, pois é possível identificar mais facilmente o produto.

Os trabalhos realizados segundo as normas da ABNT seguem uma padronização, seguindo dimensões, design específico e características que tornam os trabalhos semelhantes, mesmo que possuam conteúdos diferentes, mas a formatação é sempre a mesma para todos.

Com as normas da ABNT, todos os alunos passam a utilizar os mesmos formatos para o tamanho da fonte, bibliografia, configuração das páginas, citações, figuras, dedicatória, numeração das páginas, entre outros elementos.

significado-abnt-01

A intenção da ABNT é fazer com que as instituições possam ordenar e também padronizar os trabalhos que são feitos pelos alunos, que deverão consultar as normas da ABNT sempre que houver alguma dúvida no desenvolvido do conteúdo e a configuração da página e do texto.

Exemplos de Normas da ABNT

Há várias normas que os alunos deverão consultar para a realização de seus trabalhos, por exemplo:

  • Norma NBR 6023: esta é uma norma muito importante porque se refere aos critérios a serem utilizados, assim como a ordem das referências que serão utilizadas, além de tratar da transcrição e dados que foram retirados de outros documentos.
  • Norma NBR 15287: nesta norma encontramos todas as informações a respeito dos procedimentos para projeto de pesquisa.
  • Norma NBR 6024: traz informações a respeito do sistema de numeração progressiva que será utilizado nos títulos, subtítulos e outros objetos do trabalho.

Antigamente, as normas da ABNT eram consultadas nas bibliotecas públicas, mas hoje em dia, com o advento da internet, ficou mais fácil consultá-las através do próprio site da ABNT: www.abnt.org.br

Desde a década de 50 que a ABNT disponibiliza programas para certificação de vários produtos, sistemas e até rotulagem ambiental.

No site da ABNT – Associação Brasileira de Normas Técnicas – é possível realizar uma série de consultas, conhecer a história da instituição, verificar as normas publicadas, as consultas nacionais, entre várias outras informações.

Como Fazer Folha de Rosto

Quando vamos criar um trabalho dentro das normas da ABNT – Associação Brasileira de Normas Técnica – é preciso ficar atento a vários detalhes, pois as medidas das margens, configuração da folha, tamanho e modelo das fontes, tudo isto precisa seguir uma padronização. Isto se faz necessário porque desta forma todos os trabalhos estarão seguindo uma mesma estrutura, o que facilita para ler e entender todo o conteúdo.

A “Folha de Rosto” é uma das etapas a serem feitas, pois precisam estar presentes em todos os trabalhos que seguem as normas da ABNT, mas de forma bem simples e objetiva, você pode criar a Folha de Rosto para o seu trabalho.

folha-de-rosto-02

O importante é ficar atento a todos os detalhes e ir seguindo o passo a passo para não ficar nada para trás, pois basta um descuido para você acabar perdendo pontos em seu trabalho.

Aprenda a fazer a Folha de Rosto seguindo as normas da ABNT

Para começarmos você deverá primeiramente, digitar o seu nome, sendo necessário que seja o nome completo e que ele esteja todo em letra maiúscula. No final, selecione o seu nome e coloque-o em “Negrito”.



folha-de-rosto-03

O próximo passo é apertar o “Enter” seis vezes, para acrescentar os 6 espaços necessários entre o seu nome e o próximo objeto da nossa Folha de Rosto.

Após os seis Enter você irá incluir novamente o tema de seu trabalho.

Importante lembrarmos que a informação sobre o seu trabalho, que seria a explicação base, é feita com letra no tamanho 12, em minúsculas e com um recuo de 8,5cm.

O texto a ser inserido pode ser baseado neste abaixo:

“Trabalho apresentado à (o nome completo da instituição de ensino e também a sigla, por exemplo, Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG) como sendo um requisito parcial para que se possa obter o título de (informe o título conforme o seu caso)

folha-de-rosto-05

Após a inclusão deste texto, é a hora de prepararmos a configuração de parte da página, para isto você irá clicar com o botão direito do mouse e escolher a opção “Parágrafo” e então informar os seguintes dados na janela que será aberta:

  • Recuo esquerda: 8,5 cm
  • Recuo direita: 0 cm
  • Especial: nenhum
  • Espaçamento antes: 0 pt
  • Espaçamento depois: 0 pt
  • Espaçamento entre linhas: Simples

No final da Folha de Rosto, deverá incluir o Local e também o Ano, sempre em maiúsculo e desta forma já terá concluído a folha de rosto do seu trabalho, seguindo as normas técnicas da ABNT.

folha-de-rosto-01

Para você não errar na criação da Folha de Rosto do seu trabalho, o primeiro passo é se lembrar que não poderão faltar nunca, os elementos: Nome da instituição, Nome do autor, Título do trabalho e se houver também o subtítulo, Disciplina, Orientador e por mim o Local e a Data.

Não esqueça também de verificar junto à instituição de ensino, se a mesma possui regras específicas que deverão ser seguidas para a formatação do trabalho, assim você evitar cometer um erro.

Como fazer Citação Direta Curta e Citação Direta Longa

Dentro de um trabalho que segue as normas da ABNT, as citações precisam seguir as regras definidas pela Associação. Porque é de suma importância dar ao seu trabalho a credibilidade que ele tem e para isto utiliza-se as citações que ajudam a firmar as ideias por você expostas.

Citar as ideias de uma outra pessoa é diferente de copiar material alheio, além de fortalecer a sua mensagem passada através do trabalho. E as citações comprovam que o trabalho que você realizou, é resultado de uma ampla pesquisa feita anteriormente e que também demonstra o seu conhecimento sobre o assunto.

Quando temos muitas citações dentro de um trabalho, temos a certeza que o autor é uma pessoa que se interessa pelo assunto, que leu bastante e dominga o que está falando, tanto é que há tantas citações, que são textos de outras pessoas que veem a confirmar todo o trabalho que você realizou.

citacao-direta-05

E pode ter certeza que as citações só vão aumentar a qualidade científica de sua atividade e ainda facilita ao leitor, caso ele queira, comprovar de onde é a fonte dos textos que foram citados, o que permite que este leitor possa se aprofundar no assunto, tendo acesso ao outros trabalhos, que condizem com o que você informou.

Como funciona a  Citação Direta

Agora que conhecemos a importância de uma citação dentro do trabalho, é hora de aprender quais são as citações e de modo especial, a Citação Direta e como fazê-la.

A Citação Direta, de acordo com a norma NBR 10520, trata-se da “transcrição literal da parte da obra do autor consultado” e justamente por isto, nenhum elemento deverá ficar de fora, nem sinais gráficos, pontuações, nada enfim.

Tudo deve ser rigorosamente transferido, sendo mesmo uma cópia fiel do texto citado pelo autor daquela mensagem.

citacao-direta-01

 

E a Citação pode ser Direta ou Curta, vamos aprender a fazer cada uma delas.

Citação Direta Curta

Para fazer uma citação direta curta, temos que respeitar o limite máximo de 3 linhas. E estas 3 linhas deverão ser utilizadas entre aspas. Se for inserida no parágrafo, vem então o nome do autor(es) seguido da data e também do número da página a qual foi consultada.

Mas se a citação direta curta for no final da citação, então vem o sobrenome do autor(es) acompanhado da data e também do número da página referida.

citacao-direta-03

Citação Direta Longa

Para fazermos uma Citação Direta Longa, como é de se supor, deve-se ter mais de 3 linhas e também precisa vir em um parágrafo totalmente distinto, utilizando-se o espaçamento “simples de entrelinhas”.

A fonte deverá ser 10pt e o recuo neste caso deverá ser de 4cm em relação à margem esquerda.

Importante ressaltar que ainda temos a “Citação Direta: Citação da Citação”, que como o nome já diz, é a citação de um texto de um determinado autor que se referiu a um outro autor, devendo ser utilizada apenas quando não há possibilidade de ter acesso ao autor original.

citacao-direta-04

E temos ainda a “Citação Direta – Omissão”, que é um recurso que pode ser utilizado nos casos onde não é preciso citar o texto por completo, de forma integral, mantendo o sentido do texto original inalterado e este recurso é sinalizado pelo uso de reticências entre colchetes, ficando assim:
[…]

Como Fazer Resenha ABNT

Muitas pessoas estão tendo dificuldade para criar uma resenha que siga as normas da ABNT e não é por menos, pois há uma série de detalhes a serem observados e orientações que precisam ser seguidas.

A ABNT – Associação Brasileira de Normas Técnicas – é o órgão que tem a responsabilidade cuidar de toda a normalização técnica no Brasil. A entidade privada, sem fins lucrativos, criou estas normas técnicas de forma que os trabalhos pudessem ser padronizados e a troca de informações fosse feita de forma mais fácil e também mais ágil.

A NBR – Norma Brasileira aprovada pela ABNT, que se refere às resenhas, é voltada para as resenhas que são escritas e impressas, não sendo aplicada às resenhas que são desenvolvidas e disponibilizadas no mundo virtual.

Como fazer uma Resenha

A resenha tem como principal característica, o fato de ser um breve texto, como se fosse um resumo mas que é feito comentando o trabalho realizado. A resenha precisa ter uma ótima qualidade em seu conteúdo e é preciso dominar muito bem as normas da ABNT para que ela fique padronizada.

Todo o texto da resenha deve ser feito de forma uniforme, não podendo conter subdivisões e na primeira folha deverá constar a referência bibliográfica da obra que está sendo comentada.

Resenha-ABNT-01

Ao final da resenha, é que vem o nome, a titulação acadêmica e também a filiação institucional do resenhista. Em uma resenha é sempre bom evitar a citação de outras obras.

Resenha Resumo e Resenha Crítica

A Resenha Resumo, como o próprio nome indica, é aquela onde se faz um resumo do conteúdo, seja do livro, de um capítulo, filme, peça teatral, espetáculo, etc.. Neste tipo de resenha o resenhista nunca deverá fazer qualquer tipo de crítica ou sequer julgamentos de valor. A Resenha Resumo é apenas um informativo, pois o objetivo dela é simplesmente o de informar.

Já a Resenha Crítica tem, não só o resumo da obra, como também irá fazer uma avaliação sobre a mesma, trazendo uma crítica e podendo oferecer ao leitor, os aspectos positivos e negativos segundo o seu ponto de vista. A Resenha Crítica é um texto informativo, mas que também traz a opinião do resenhista.

Resenha crítica
Resenha crítica

Na grande maioria das vezes, a Resenha é feita para divulgar algum material cultural, seja um livro, filme, peça teatral, entre outros e quase sempre é veiculada através de jornais, revistas e agora também pela internet.

Resenha feita pela ABNT

  • Informe os dados bibliográficos a respeito da obra que está sendo resenhada.
  • Lembre-se da sinopse do livro resenhado.
  • Resuma em 3 a 5 parágrafos.
  • Faça uma análise crítica, expressando suas opiniões, podendo até fazer comparações.
  • Faça a recomendação ou não da obra resenhada, podendo especificar se é uma leitura indicada para crianças, jovens, adultos, estudantes, etc.
  • Identifique o autor do conteúdo resenhado.
  • Assine sua resenha e lembre-se de informar as referências feitas na sua resenha, caso as tenha feito.

exemplo-de-resenha-critica-1-638

O texto é com alinhamento justificado e não use negrito e nem espaçamento entre os parágrafos.
Para ser uma boa resenha, lembre-se ainda de garantir um português corretíssimo, ideias claras e uma boa estruturação.

Como fazer Dedicatória ABNT

A “Dedicatória” é onde o autor do trabalho vai fazer a homenagem que desejar, onde irá dedicar o seu trabalho a alguém que lhe foi ou é importante e de acordo com as normas da ABNT, a Dedicatória deverá seguir a seguinte formatação:

  • Fonte: tamanho 12;
  • 1,5 entrelinhas;
  • Alinhamento justificado;
  • O texto no final da página deverá ter um recuo de 8cm em relação à margem esquerda;

dedicatoria-01

A dedicatória no trabalho não é obrigatória, ela é “opcional”, mas se tornou quase que uma regra, sempre que um trabalho for realizado, inserir uma dedicatória, até porque, o trabalho requer muita pesquisa, ou seja, será um trabalho feito com a ajuda de várias pessoas, seja de forma direta ou indireta, sendo assim, podemos dizer então que a dedicatória não é obrigatória mas ficaria deselegante ter um trabalho feito contando com a ajuda de tantas pessoas e depois de pronto, não inserir uma página no trabalho justamente para demonstrar sua gratidão a estas pessoas.

 

Dedicatória em um trabalho pela ABNT

Na folha de dedicatória não se usa título e a dedicatória vem logo depois da Folha de Aprovação.

O espaço onde iria ficar o título, será utilizado para a homenagem ou a dedicação do trabalho feito.

dedicatoria-02

Vale ressaltar que nem todas as instituições de ensino seguem este padrão de não inserir título na dedicatória, por isto é importante sempre consultar o manual da instituição para saber se é ou não uma obrigatoriedade o uso do título na dedicatória.

Exemplos de Dedicatória para Inspirar

Na hora de fazer sua dedicatória, não precisa prolongar muito, aliás, é importante ser objetivo e ir direto ao ponto, por isto é sempre bom ler algumas dedicatórias para se inspirar na hora de criar a sua, confira abaixo alguns modelos.

“Agradeço primeiramente а Deus que iluminou todo о meu caminho durante esta caminhada e me trouxe até aqui…”

“Quero agradecer, em primeiro lugar, а Deus, porque Ele foi quem me deu força е coragem durante toda esta longa caminhada…”

“Dedico este trabalho primeiramente а Deus, por ser essencial em minha vida, é Ele o autor de meu destino, o meu guia, dedico também ao meu pai (…), minha mãe (…) e a toda minha família…”

Exemplos de Dedicatória para Professores

“À professora (…) que teve toda a paciência do mundo na orientação deste trabalho e me incentivou em todos os momentos, tornando possível a conclusão desta monografia…”

“A todos os professores deste curso, que tão importantes foram nesta etapa de minha vida e essenciais para o desenvolvimento desta monografia…”

“Ao professor (…), que foi meu orientador, tendo toda paciência e me ajudando a concluir este trabalho e agradeço ainda aos meus demais professores que por anos me ensinaram a buscar a realização dos meus sonhos…”

Outros Exemplo de Dedicatória

dedicatoria-03

“Quero agradecer também ao meu esposo(a) (…), que de uma forma muito especial, sempre de deu força, me apoiando sempre, principalmente nos momentos de maior dificuldade e quero agradecer também aos meus filhos (…) e (…), que iluminam minha vida de forma especial e me dão motivos para continuar sempre buscando dar o melhor de mim e agradeço ainda, de forma especial, aos meus pais (…) e (…), a quem eu agradeço minha existência e a forma como eles me ensinaram a ver a vida.”

Como fazer Referências Bibliográficas na ABNT

Quando se realiza um trabalho, de acordo com a ABNT, as “referências” devem ser feitas de forma padronizada, seguindo as normas para facilitar a leitura e compreensão do trabalho. A “referência” nada mais é do que um conjunto de elementos descritivos, que precisam ser padronizados.

E as referências bibliográficas podem ser feitas de várias formas, no quesito que diz que elas poderão ter uma ordenação alfabética, cronológica e sistemática que é quando a ordenação se faz por assuntos.

No caso de haver um ou mais autores repetidos, as referências às muitas obras de um mesmo autor deverá substituir o nome deste autor por um traço que é o equivalente a 6 espaços.

referencias-bibliograficas-01

E é preciso ficar atento à localização da referência que em geral podem vir nos seguintes locais:

  • Rodapé;
  • Final do capítulo;
  • Listas depois do texto, antecedendo os anexos;
  • ou ainda antecedendo os resumos, resenhas e também recensões.

Aspecto Gráfico das Referências

referencias-bibliograficas-02

Quanto ao aspecto gráfico, é preciso atenção à margem, pois as referências sempre devem estar alinhadas à margem esquerda e o espaçamento deve ser o “simples” entre as linhas e “duplo” quando for para separá-las.

Deverão ser usados pontos, sempre depois do nome dos autores, depois do título e também no final da referência. Dois pontos deverão ser utilizados sempre antes de subtítulo, também antes da editora e após o termo In:.

No caso das vírgulas, elas deverão se fazer presentes sempre depois do sobrenome dos autores, entre o Volume e o Número, depois da editora, depois do título da revista e também nas páginas da revista.

Ponto e vírgula somente deve ser utilizado seguido de espaço e serve para separar os autores. No caso do hífen, este deverá estar entre as páginas e também deverá vir entre as datas de fascículos quando estes não forem sequenciais.

Você deverá utilizar o parêntese quando precisar indicar grau, série e também quando for um título que venha a caracterizar uma função ou responsabilidade sendo de forma abreviada.

Os colchetes você irá usá-los quando precisar indicar os elementos de referência, os quais não se fizeram presentes na obra que foi referenciada, mas que são conhecidos.

Podemos utilizar a barra transversal mas somente entre números e datas de fascículos desde que não sejam sequênciais.

referencias-bibliograficas-03
E por fim, temos as reticências que são utilizadas no caso de ser preciso indicar supressão de títulos.

Maiúsculas ou Caixa Alta em Referências

Vamos utilizar letras maiúsculas ou caixa alta no caso do sobrenome do autor, para toda primeira palavra do título quando for o caso de começar a referência, para entidades coletivas, para os nomes geográficos quando vierem antes de um determinado órgão governamental e também em títulos de ventos, como congressos, entre outros.

referencias-bibliograficas-04

O “grifo” será utilizado nos títulos das obras que não estiverem iniciando uma referência e também nos títulos dos periódicos e nos nomes científicos.

No caso de consultar um vídeo ou áudio é preciso colocar o apelido, seguido do nome, ano de edição, o título que deverá ser em itálico, o local de publicação e a designação do material citada, por exemplo:

Cunha, A.V. (1988). Fado. Lisboa, Lusomundo. I disco vídeo (DVD). (110 min.)

No link abaixo você encontrará uma apresentação em Power Point que traz outros detalhes sobre as referências bibliográficas:
http://pt.slideshare.net/bela610/como-fazer-referncias-bibliogrficas

Como Fazer Notas de Rodapé no Padrão ABNT

Quando estiver fazendo um trabalho de acordo com as normas da ABNT, é preciso ficar atento à padronização que consta para as notas de rodapé, pois estas notas têm como principal objetivo o de informar ou fazer comentários a respeito do texto que está sendo lido, sendo estas notas ou comentários não indicadas para serem inseridas no próprio texto.

E o uso das notas de rodapé é mais comum do que se imagina e tem uma importância muito grande dentro de um trabalho que está sendo feito, porque graças a estas notas de rodapé, o leitor não terá que interromper a sequência da leitura que vem sendo feita e depois, quando achar conveniente, ele poderá consultar as notas de rodapé e conferir as informações adicionais ou comentários tecidos sobre o conteúdo.

Formatação das Notas de Rodapé conforme normas da ABNT

notas-rodape-01
Imagem ilustrativa de como deve se fazer

Sempre que se utilizam notas de rodapé em um trabalho, também estas notas deverão seguir uma formatação e o primeiro cuidado é que ela esteja separada do restante do texto por um espaço “simples” de entrelinhas e também por um traço horizontal que vai de um lado ao outro da folha, mas respeitando as margens à direita e também à esquerda.

Deverá ser utilizada a fonte no tamanho 10 e a entrelinhas deverá ser Simples.

A segunda linha, sempre deverá iniciar logo abaixo da primeira linha, de forma que possa ser destacado o indicativo e atente-se para o fato de que a numeração da nota sempre deve ser feita de forma contínua.

Exemplo Nota de Rodapé de Referência

notas-rodape-02

Para ficar mais claro a utilização, podemos utilizar este exemplo abaixo, assim ficará bem mais fácil o entendimento:

(no texto fica assim)
De acordo com Sommerville¹, todos os requisitos não funcionais, “são aqueles que não dizem respeito diretamente às funções específicas pelo sistema”.

(a nota de rodapé fica assim)
_____________________________________________________________________
¹ SOMMERVILLE, lan. Engenharia de Software. 6. ed. São Paulo: Addison-Wesley, 2003, p. 84.

E é preciso ficar muito atento à primeira nota de rodapé, que sendo de citação deverá ter todos os elementos que são essenciais à obra, já nas próximas indicações, basta utilizar as expressões latinas, por exemplo:

  • Apud – significado: citado por, conforme, segundo.
  • Ibidem ou Ibid – significado: na mesma obra, mudando apenas a paginação.
  • Opus citatum ou op. cit – significado: obra citada anteriormente na mesma página.
  • entre outras expressões.

Exemplo Nota de Rodapé Explicativa

notas-rodape-03

E temos ainda as notas de rodapé explicativas, que trazem uma breve descrição da marcação no texto, como vemos abaixo:

(no texto fica assim)
No ano de 2011 foi desenvolvido um website¹ para a loja de roupas, de forma que os clientes pudessem acompanhar os lançamentos pela internet, assim como, efetuarem suas compras online.

(a nota de rodapé fica assim)
¹Conjunto de páginas que podem ser acessadas pela internet.

Vídeo ilustrativo

Como fazer Citação Direta e Citação Indireta na ABNT

Para muitos, as normas da ABNT é algo “complicado demais” e até “desnecessário”, mas a verdade é que estas normas têm grande importância e ajudam na padronizam dos trabalhos, o que facilita a leitura do mesmo e a fácil compreensão. Confira dicas de como utilizar citação direta e indireta em seu trabalho de monografia e/ou TCC.

A ABNT – Associação Brasileira de Normas Técnicas, é uma entidade privada, sem fins lucrativos, responsável pela Normatização Técnica do Brasil.

citacoes-abnt-04

E há vários temos que são encontrados nas normas da ABNT e é preciso conhecer cada um deles para saber fazer um bom trabalho, por exemplo, “Anexo” são elementos que podem ou não ser incluídos quando necessário for e se difere dos Apêndices porque se trata de um material que não foi elaborado pelo autor.

O “Apêndice” é como se fosse um complemento, elaborado pelo autor do trabalho e é sempre digitado em letras maiúsculas e também em negrito.

Tem a “Capa” que é obrigatória em todo trabalho, servindo para proteger e também trazer informações indispensáveis a respeito do conteúdo daquele trabalho.

Tem a “Epígrafe” que é uma ‘citação’ e ‘autoria’ utilizada pelo autor no trabalho sempre que se achar algo interessante no decorrer do trabalho e estas “Epígrafes” geralmente estão logo nas primeiras páginas.

E assim são muitos os termos utilizados pelas normas da ABNT e um que ainda continua trazendo muitas dúvidas é quanto à Citação Direta e Indireta, pois muitos ainda não sabem o que é esta “Citação” e nem quando uma ou outra deverá ser utilizada.

Para ficar mais fácil de compreender, podemos dizer que a “Citação” é uma menção que foi feita a respeito do trabalho realizado, porém, foi elaborada por uma outra pessoa que não seja o próprio autor do trabalho, tendo sido extraída de uma outra fonte.

Quando estamos desenvolvendo um trabalho é muito comum que “copiemos” parte do conhecimento de uma outra pessoa, mas para não entrar como uma “cópia” nos eu trabalho, é preciso fazer a tal “Citação”.

E a “Citação” não significa que você não foi capaz de pensar algo interessante, mas ajuda a ilustrar com outras fontes, o seu trabalho, o que é muito valorizado, inclusive. O que não podemos fazer nunca, é usar algo que foi criado por outra pessoa como se fosse de nossa autoria, isto realmente é uma cópia.

A citação é bem diferente, pois ela mostra o quanto você tem conhecimento sobre o assunto, a ponto de conhecer outras obras e assim poder citá-las.

citacoes-abnt-03
Definindo citação

Basicamente, são 3 os tipos de Citações:

  • Citação Direta;
  • Citação Indireta;
  • Citação de Citação.

Falaremos então das citações Diretas e as Indiretas.

Citação Direta

citacoes-abnt-01
Definição Citação Direta

A citação Direta é quando você faz em seu trabalho uma transcrição textual totalmente fiel de algum outro trabalho, por exemplo, se você for realizar uma consulta sobre um autor e precisar citar uma frase ou trecho do trabalho deste autor para ilustrar o seu trabalho, então você poderá citá-la, fazendo a transcrição exata do texto, frase ou parágrafo e neste caso deverá utilizar de Aspas Duplas para identificar a citação, podendo ser de 2 formas:

  • Citando e em seguida referenciado, fazendo a chamada pelo nome da pessoa que, quando for no final da citação, deverá estar entre parênteses e ter o sobrenome do autor sempre em letras maiúsculas e logo em seguida, o ano de publicação do artigo e também a página da qual você retirou a citação.
  • Referenciando primeiro para depois citar, é o caso do nome do autor ser digitado normalmente, utilizando-se somente a primeira letra em maiúscula e logo em seguida inserir o ano e também a página da citação feita.

Podemos dizer então que a Citação Direta é a cópia fiel de um texto, seguindo exatamente o original, inclusive as palavras que estiverem grifadas ou em negrito, vindo com a seguinte observação: “grifo do autor”.

Citação Indireta

citacoes-abnt-02
Definição Citação Indireta

A citação indireta ocorre quando você faz um trabalho e no final sua conclusão fica bem parecida com a de outro autor, só que mesmo assim você não quer fazer uma “cópia” das palavras do outro autor, quer utilizar suas próprias palavras, então é feita uma citação indireta, pois a citação será “baseada” em outro texto.

Da mesma forma, faz-se necessário citar o autor, ano de publicação do texto, podendo ou não citar a página.

E a citação indireta pode ter mais de um autor, já que você consulta várias obras para chegar à sua própria conclusão, mas poderá citar as informações referentes aos trechos destes autores.

Capa de Trabalho ABNT

A ABNT – Associação Brasileira de Normas Técnicas – é o órgão responsável por todas as normalizações técnicas do país, é a ABNT uma entidade sem fins lucrativos, de utilidade pública. É responsável pelo conjunto de normas que ajudam a elaborar os mais diversos trabalhos, inclusive os científicos como monografias, teses, entre vários outros.

Os profissionais contam com as diversas normas que são editadas pela ABNT para garantir maior qualidade e uma padronização para todos.

No caso de trabalhos solicitados pelas instituições, é preciso seguir as regras da ABNT, como a capa, capa de rosto, sumário, etc.

As escolas, universidades, faculdades e até mesmo as escolas técnicas devem seguir as normas que são estipuladas pela ABNT, para que o trabalho escolar ou até mesmo o acadêmico possa seguir uma padronização e assim todos os trabalhos terão o mesmo padrão, o mesmo tamanho das fontes, espaçamento e por isto precisam ser seguidas à risca.

Aprenda a fazer uma capa de trabalho pelas normas da ABNT

Todo trabalho começa pela capa e esta merece uma atenção ainda mais especial porque será a primeira impressão que as pessoas terão de tudo o que foi feito e que está guardado ali dentro. Se você capricha no trabalho mas não faz uma capa adequada, poderá até perder pontos.
Porém, uma capa feita dentro das normas da ABNT além de garantir uma primeira boa impressão para seu trabalho, poderá resultar em alguns pontos a mais na nota final, então é bom caprichar também na capa.

O primeiro passo neste caso é consultar a sua instituição de ensino para saber se ela possui padrões específicos, pois neste caso eles deverão ser obedecidos.

Geralmente, a capa do trabalho é composta pelo nome da instituição de ensino que vem no topo da capa. Um pouco abaixo vem o nome do aluno.

NO meio da capa em letras maiúsculas temos o título do trabalho, abaixo o subtítulo e quase que no rodapé da capa, o local e também o ano.

 

capa-abnt-01
Modelo de capa 01
capa-abnt-02
Modelo de capa 02

Padrão a ser seguido para uma capa de trabalho ABNT

  • O nome da instituição deverá estar centralizado e se tiver uma sigla, esta deverá ser inserida, sempre utilizando letras em negrito.
  • 3 parágrafos abaixo vem o nome do autor que deverá ser em letras maiúsculas porém, não poderão estar em negrito.
  • Bem no centro da capa, vem o Título do trabalho, todo em letras maiúsculas e também em negrito. Se houver um subtítulo, este deverá vir logo abaixo, também em letras maiúsculas mas sem usar o negrito.
  • E no final da capa, mais precisamente nas últimas 2 linhas, deverá ser informado o local, de forma centralizada, informando a cidade e o estado e na linha de baixo a data.

Seguem ilustrações abaixo:

capa-abnt-06
Como podem observar, você precisará utilizar as fontes e tamanhos citados na imagem acima.

 

capa-abnt-05
Observe que as margens devem ser seguidas rigorosamente.

 

O nome do professor não deverá estar na capa do trabalho, pelo menos de acordo com o padrão, a não ser que a instituição de ensino assim o peça, por isto é importante consultar a mesma para ter esta e outras orientações na confecção da capa do trabalho de forma correta.

CAPA DE TRABALHO ABNT – MODELO PARA DOWNLOAD

Caso ainda tenha dificuldade, assista o vídeo abaixo: